O que há de novo?
Loading...

Como diagnosticar a queda capilar

A queda capilar quando está instalada é um processo lento de reverter. Quem já passou por isso, sabe como é desesperador ver os fios pela casa, ralo do banheiro, ao penteá-los e ao passar as mãos sobre os cabelos. Entretanto, para saber realmente se é queda, é importante observar se tem uma pontinha branca (raiz) no inicio do fio para descartar a possibilidade de quebra. É importante observar a quantidade que possa está perdendo, normalmente alguns fios tende a cair pelo fato do clico de vida ter chegado ao fim, ele “morre” para nascer um novo fio. O bulbo capilar produz em média 270 vezes caso não aja nenhuma deficiência, esse mesmo fio pode durar em média 3 meses a 10 anos dependendo de alguns fatores. Por isso, é normal caírem até 150 fios por dia.

Para tirar suas dúvidas se realmente é uma queda severa, faça o seguinte. Durante 24 horas guarde todos os fios que encontrar pela casa e conte-os. Desta forma, você terá a certeza se a queda é normal antes de procurar um especialista. 


Importante dizer:
No inverno os cabelos estão propensos a uma queda mais intensa, então não se desespere, pois está acontecendo uma troca acelerada dos fios, contudo, se insistir em cair ao passar as mãos durante 3 meses seguidos em maior quantidade procure imediatamente por um dermatologista para fazer um diagnóstico, pois seu corpo pode esta com deficiência de vitaminas ou mesmo sofrendo com alguma disfunção hormonal, stress ou infecção bacteriana, se o motivo de doença foi descartado você pode preservar a saúde dos fios seguindo essas dicas.

As massagens manuais no couro cabeludo com produtos específicos estimulam o bulbo capilar ativando a circulação sanguínea, entretanto é importante fazer uma refeição balanceada ricas em proteínas, sais minerais e vitaminas que são encontrados nas carnes, peixes, legumes, verduras e frutas.

Alguns fatores também podem agravar essa perda dos fios.
Os produtos químicos como: alisamento, tintura, descoloração e também o excesso de oleosidade (seborreia) nada mais é um processo inflamatório do couro cabeludo. A seborreia evita o seu desenvolvimento. Nesse caso, você pode está fazendo uso de shampoo específico para regular a oleosidade do couro cabeludo.
Invista em alimentação saudável e produtos para queda capilar!


Cabelos lisos têm mais brilho que os cabelos cacheados

Os cabelos lisos possuem mais brilho do que os cabelos cacheados e crespos. Entretanto, muitas mulheres ao se olharem no espelho sentem uma frustração enorme em ver os cabelos sem vida e opacos, porém sem entender o motivo. O brilho dos cabelos nada mais é que o reflexo da luz que incide sobre os fios. Então, quanto mais lisos forem os cabelos, maior será o brilho, por isso os cabelos das orientais e indianas são tão reluzentes.

Importante esclarecer:
Isso não que dizer se você tem os cabelos lisos, imediatamente você terá um brilho espetacular. Para ter esse brilho tão desejado é necessário tratar bem das suas madeixas. O segredo é justamente manter as cutículas (camada externa) bem seladas e também a oleosidade natural dos fios. Essa oleosidade é produzida pelas glândulas sebáceas e deve ser bem distribuída ao longo dos fios, deixando a superfície regular contribuindo para evidenciar a luz natural.

Normalmente os cabelos crespos e cacheados são opacos, mas existem alguns produtos capilares que oferecem luminosidade imediata aos cabelos como uma maquiagem nos fios, são eles: silicone, óleos, reparadores de pontas e até receitas caseiras, além de protegê-los. Esses óleos restauram a fibra capilar.
Invista nesses produtos!


As informações fornecidas no Mais Saúde e Beleza Online são para simples referência. O seu conteúdo não deve ser utilizado para autotratamento e automedicação. Sempre procurar um médico, pois somente ele poderá indicar o melhor para a sua saúde e nada substitui a palavra de um especialista.
Copyright © 2017 Todos os direitos reservados pertence a Luh Fernandez. Tecnologia do Blogger.